Notícias

Regularização dos distratos deve aquecer o mercado

No primeiro trimestre de 2018, de acordo com dados da Câmara Brasileira da Indústria da Construção (CBIC), o número de lançamentos de imóveis no Brasil recuou 30,7%, quando comparado ao mesmo período do ano passado. O Grande Recife, por exemplo, foi a quarta região com o menor número de lançamentos. No período, 1.595 imóveis foram vendidos e 431 lançados.

 

Com a aprovação na Câmara dos Deputados do substitutivo do Projeto de Lei 1220/15, o qual regulamenta os distratos, representantes do setor imobiliário já veem uma oportunidade para retomada dos lançamentos.  



"Se realmente se concretizar, e o projeto for aprovado no Senado, os incorporadores voltam a ter confiança para colocar os produtos no mercado. Sem um marco regulatório, existia muita dúvida para voltar a lançar. A nova medida pode aumentar as vendas e lançamentos em 10%", diz o presidente da Comissão da Indústria Imobiliária (CII) da Câmara Brasileira da Indústria da Construção (CBIC), Celso Petrucci.



De acordo com a Associação Brasileira de Incorporadoras Imobiliárias (Abrainc), de março de 2017 a março de 2018, foram realizados 33,8 mil distratos no Brasil, o equivalente a 29,1% das vendas de unidades novas de alto e médio padrão e do Programa Minha Casa, Minha Vida (PMCMV).

 

(CBIC com informações do JC Online)